Projeto Caminho das Águas

 

O Projeto Araçuaí Sustentável foi uma plataforma de trabalho elaborada por 13 instituições aplicada no Vale do Jequitinhonha, numa área considerada um dos maiores bolsões de miséria do mundo. João Rockett foi responsável pelo eixo Caminho das Águas, tratava-se principalmente do manejo da água desde a torneira do morador até a bacia hidrográfica do Jequitinhonha, para alavancar o desenvolvimento local e a recuperação dos ambientes degradados e das nascentes da bacia do Rio Araçuaí. Rockett coordenou o movimento das máquinas para implantar canais de infiltração, e também o movimento de mulheres que construiram canais manualmente. Ações posteriores incluiram capacitações em diversos disciplinas para manejo ambiental sustentável, coleta, armazenamento e uso da água e ações educativas.

 

 

CAMINHO DAS ÁGUAS

CAMINHO DAS ÁGUAS

O projeto Caminho das Águas foi realizado na cidade de Araçuaí no Vale do Jequitinhonha, a região era considerada um dos maiores bolsões de miséria do mundo, uma plataforma de ações com 13 lideres AVINA, e com o apoio da Petrobrás, foi criado um planejamento de Permacultura para manejo de água desde a torneira do agricultor até a bacia hidrográfica: isso transformou a região. Confira esses resultados.

Canais de Infiltração

Canais de Infiltração

Construindo canais de infiltração, para retenção da água no solo, uma área com declividade com mais de 35% e com níveis de erosão de solo tão acentuadas que os agricultores tinham abandonado. Montamos um planejamento dos canais em nivel em todo o entorno do morro e parte da bacia hidrográfica, o que estancou a erosão e aumentou a infiltração de água criando pressão suficiente para que as nascentes voltassem a verter.

Plantando Mudas

Plantando Mudas

Plantio de mudas e colocação de mulche sobre as taipas dos canais de infiltração.

Construção de Canais

Construção de Canais

Dezenas de quilômetros de canais de infiltração foram construídos em Araçuaí no vale de Jequitinhonha para recuperar áreas com avançado estado de erosão.

Canais de retenção e condução

Canais de retenção e condução

Na comunidade de Olinto, a principal força de trabalho é feminina, os homens saem para trabalhar no corte da cana-de-açucar, e as mulheres sustentam a vida na comunidade.

Nivelando canais

Nivelando canais

Com uma ferramente simples, que pode ser feita com materiais campeiros, as mulheres de Olinto, marcam o n;ivel do terreno para cavar os canais de infiltração e codução de água nos quintais produtivos.

Canais nos Quintais

Canais nos Quintais

Os quintais foram permeados pela água que veio pelos canais construídos pelas mulheres de Olinto.

retenção de água no canal

retenção de água no canal

O corte dos canais permite que a água fique retida e infiltre no solo, repondo águas subterrâneas que retornom nas nascentes antes secas.

Canais com água

Canais com água

Com os canais de infiltração construídos, as chuvas são retidas, a água infiltra no morro e restabelece nascentes, também é possível plantar ao redor dos canais, sustentnado um ecossistema mais úmido em toda área manejada.

Vale do Jequitinhonha

Vale do Jequitinhonha

A cultura da queima associada a longos períodos de seca e a falta de estratégia em períodos de chuva, levam a região do Vale do Jequitinhonha a uma perda de solo, consequentemente da fertilidade criando dura vida para sua população.

Sobrevôo

Sobrevôo

O sobrevôo na região deixa ainda mais claro o estado de degradação do solo no Vale do Jequitinhonha. Massiva perda de solo e processos de erosão avançados vão tornando a região cada vez mais estéril.

Erosão

Erosão

Barranco com processo erosivo, sem nenhuma vegetação o morro não tem como manter sua configuração e apresenta escalolamentos de rebaixamento do terreno.

Perda de Solo

Perda de Solo

Nos últimos cinquenta anos a perda de solo foi drástica em todo planeta, a incompreensão sobre o funcionamento dos sistemas naturais cria ambientes totalmente improdutivos. 25% dos solos do planeta estão degradados segundo pesquisa da FAO isso impacta o ambiente sobremaneira e consequentemente a vida do homem.

Aridez

Aridez

Resultado de mal ou nenhum manejo, o ambiente no Vale do Jequitinhonha na região de Araçuaí apresenta um cenário de degradação. O Projeto Caminho das Águas, com visão sistêmica implantou o manejo da água de toda bacia hidrográfica local, incluindo os sistemas vivos e o homem.

Cisterna

Cisterna

Em ambientes áridos armazenar água é manejo essencial. Aqui moradores são capacitados por João Rockett na técnica de FerroCimento para construção de cisternas.

Fazendo Biofertilizantes

Fazendo Biofertilizantes

O Projeto envolveu também o uso da água em hortas comunitárias e o plantio orgânico de alimentos, coordenado por João Rockett.

Base

Base

Construção da base da cisterna modelo de FerroCimento construída em Araçuaí no Vale do Jequitinhonha.

Preparo da Malha

Preparo da Malha

A antiga técnica do FerroCimento já foi usada para construção de navios durante a segunda guerra entre outros usos. ë a melhor técnica construtiva para cisternas de armazenamento de água.

Mutirão

Mutirão

A participação dos moradores da região de implantação do Projeto Caminho da Águas foi fundamental para o sucesso do Projeto, capacitações, manejo, construção de tanques e hortas, tudo realizado em mutirão.

Água

Água

Fundamental para qualquer sistema vivo a água precisa ser manejada de forma sustentável para garantir a saúde e vida de pessoas, animais e plantas, com uso da técnica de FerroCimento foram construídas cisternas para armazenamento de água.

Caminho das Águas

Caminho das Águas

Projeto apoiado pela Petrobrás e realizado em parceria com 13 organizações. O IPEP na figura de João Rockett como Líder Avina realizou atendimento e consultoria em hortas orgânicas, fabrico de biofertilizantes, construção de cisternas e de canais de infiltração.

Olaria no Vale do Jequitinhonha

Olaria no Vale do Jequitinhonha

Produtores da agricultura familiar produzem também adobe para as construções locais, o projeto procurou agregar as capacidades para potencializar as ações.

Construção

Construção

Construção do encanamento de ocnduçào da água coletada do telhado para a cisterna de FerroCimento. Você sabia que 1mm de chuva em 1 metro quadrado de telhado é igual a 1 litro de água coletada?

Capacitação em FerroCimento

Capacitação em FerroCimento

A força do grupo foi fundamental para a implementação das estratégias do Projeto Caminho das Águas.

Patrocínio:

 

fotografia, foto sem fronteira, tatiana cavaçana, materama, design, photography brazil

© foto e design: materama.com.br

shalom

2020

  • w-facebook

siga @ rama.permacultura

Escola Rama - Rama Education 2020

Bagé - Rio Grande do Sul - Brasil